Socorro: O meu filho não come!

alimentação 5Confesso que estava mal habituada, cá por casa o rapaz estava sempre de boca aberta pronto para comer. Era tudo bem-vindo! Mas parece que as coisas estão a mudar de figura, e eu vou ganhando cabelos brancos. Mesmo que saiba a teoria é me difícil olhar apenas com olhos clínicos, a “Mãe” está lá e os nervos ficam à flor da pele na altura das refeições. Calma Rita, respira fundo!
O cenário agora é este: Depois de duas colheres começa o festim! E por festim quero dizer, ele cospe ou melhor seleciona o que cospe, agarra na comida e espreme-a, atira comida para o chão, põe as mãos a frente da boca… e no meio disto tudo eu canto, danço, depois fico impaciente e zangada (tudo o que ele queria, ganhou!).
Se o filme se repete por ai por casa, saiba que não é caso único e mais está estudado. Chama-se a “anorexia do segundo ano de vida”. E o que é isto da anorexia do segundo ano de via? Ao passar a barreira do 1º aniversário as crianças vão diminuindo a velocidade de crescimento e com isso o apetite também. Por outro lado, estão a ganhar autonomia, só querem é saber de aprender a andar e de se tornarem independentes (estes pequeninos seres que ainda ontem nasceram!!). Isso é o que lhes dá prazer neste momento, já não é a comida. Em terceiro lugar, ainda há o gosto de contrariar os pais. Esse gostinho que nos dá cabo dos nervos!!
Os bebés ate ao 1º aniversário são uns rechonchudos, vão acumulando gordura que agora vai servir de combustível para esta fase crítica. Convém no entanto não deixar os créditos todos depositados nessas reservas, eles continuam a necessitar de vitaminas, ferro e principalmente de hidratos de carbono. Se vê que o seu filho não come mesmo nada e está a perder peso, então fale com o pediatra sobre a possibilidade de o suplementar.

O que podemos fazer para minimizar o caos que está instalado?

– Torne aquilo que eles comem mais rico. Por exemplo se o seu filho come sopa faça-a nutritiva junte-lhe leguminosas (feijão, grão ou lentilhas);
– Os pediatras cairão em cima de mim provavelmente, mas se o seu filho bebe bem leite coloque uma colherinha de papa; No entanto, dê o leite na hora a que habitualmente lhe dá leite (Ex. de manhã ou ao deitar), não o deixe andar de “biberão na mão” todo o dia;
– Evite enche-lo de calorias vazias ao longo do dia: sumos e guloseimas não alimentam e vão estar a ajudar a tirar o apetite;
– Fraccione as refeições em vez de comer 4 refeições (pequeno-almoço, almoço, lanche e jantar) dê-lhe menos comida mais vezes ao dia;
– Não o “compre” com comida de que gosta;
– E por último, se não comer não faça guerra (Rita, respira fundo!) não insista por muito que isso lhe custe.

One thought on “Socorro: O meu filho não come!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s