Adoçantes na gravidez: Sim ou não?

coffee-cup-heart-spoon-sugar-Favim_com-280191

A minha opinião sobre adoçantes artificiais vs açúcar é igual para todo o tipo de pessoas, nada em especial na gravidez.

O adoçante é um produto artificial que serve de substituto do açúcar, conferindo o sabor doce sem influenciar o nível de açúcar no sangue (glicemia). O que pode ser útil em casos de diabetes, diabetes gestacional ou dietas de emagrecimento. Mas ainda sobre isso, julgo que mais importante do que encontrarmos uma alternativa ao sabor doce fornecido pelo açúcar é habituarmo-nos a paladares menos doces, em particular nas bebidas como o café, chá, leite e sumos. Se nos habituarmos a colocar pouco açúcar ou até não o colocar em bebidas, a quantidade que acabamos por ingerir de adoçantes caso se consumam iogurtes magros é mínima e pouco significativa para conferir qualquer risco á saúde.

Muitas vezes optar por alimentos light sem açucares (mas com adoçante) leva ao consumo exagerado dos alimentos por não estarem associados “remorsos”, acabando por não compensar.

Na gravidez, o acessulfame K e a sacarina não são aconselhados, por atravessarem a placenta. No entanto, não existem estudos que comprovem que sejam nocivos para o feto.

Por norma não adiciono açúcar/adoçante a nenhuma bebida, mas para as mais gulosas agora há um adoçante natural à base de uma planta chamada stevia.

2 thoughts on “Adoçantes na gravidez: Sim ou não?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s