Como vai a gravidez às 23 semanas…

imagesCAHAI4ZS

It’s a boy!! A semana passada fiz a ecografia das 22 semanas e ficamos a saber que vem ai um rapaz cheio de genica. Fui também à consulta de rotina e está tudo a correr bem! O próximo passo será fazer a análise da tolerância à glicose, significando isso que vou ter de passar uma manhã no laboratório a determinar os resultados da glicémia (níveis de açúcar no sangue) depois de ingerir algumas doses de açúcar. Este exame serve para despistar a diabetes gestacional.

Com o peso esse lá vai fluindo, aumentei 6,5kg até agora e está tudo dentro do previsto. Mas ainda assim é preciso ter cuidado com aquilo que se come, e como os fins de semana são sempre alturas de mais alguns abusos deixei preparado de véspera o nosso jantar de hoje (que já está no forno) e aqui vos deixo a minha receita:

Empadão “light” de peixe (para dois)

Recheio:
2 postas de pescada
1 cenoura grande ralada
½ talo de alho-francês em rodelas
1 cebola picada
Coentros picados
Azeite
Vinho branco
Sal e pimenta q.b.

Puré de couve-flor:
1 couve flor grande
1 cebola média
Leite q.b.
1 colher chá manteiga
Sal q.b.

Para o recheio ponha num tacho um fio de azeite e a cebola, o alho-francês e a cenoura a estufar, junte o peixe desfiado regue com um pouco de vinho branco, junte os coentros picados e tempere a gosto. Deixe estufar até o peixe estar todo cozinhado e os legumes amolecidos.

Para o puré coza a couve-flor e a cebola, depois passe no passe-vite e num tacho leve novamente ao lume com um pouco de leite e uma noz de manteiga. Tempere a gosto.

Num pirex ponha metade deste puré, cubra com o recheio que preparou do peixe e volte a tapar com puré.

Pincele com gema de ovo e leve ao forno a gratinar.

Aumento de peso no segundo trimestre de gravidez

pregnant_silhouette_vert-7f92c0a821e041428a45328b5d1e9fdc3e63586b-s6-c10

Tive a minha consulta de rotina no médico que confirmou que estava tudo a correr muito bem. Estou de 19 semanas e aumentei 5kg. Confesso que tenho tido cuidado em fazer uma alimentação saudável e sem cair em excessos de doces como tantas vezes me apeteceria. Pensei que o meu médico fosse achar um aumento elevado tendo em conta que ainda não fiz 5 meses mas achou adequado.

Nesta fase da gravidez é natural ter um aumento de peso ronde o meio kg por semana em média, que chegará ao fim da gestação idealmente entre os 10 a 12 kg. Deixo-vos a lista do que corresponde cada parcela deste aumento.

 

 

Componentes do aumento de peso na gestação:

Feto – 3400 gr

Placenta – 450 gr

Líquido amniótico – 900 gr

Útero – 1100 gr

Mamas – 1400 gr

Volémia – 1800 gr

Reservas maternas –  1800 a 3600 kg

Total:  10,850 a 12,65Kg

Mitos e verdades da gravidez

Hex%20gravidkilo

Mito: Agora que está grávida deve comer por dois.

Verdade: Não podia ser mais errado, é certo que as necessidades energéticas e nutricionais aumentam mas não é superior a 300 Kcal por dia (para mulheres de peso saudável) no segundo e terceiro trimestre de gestação.

 

Mito: Quanto menos aumentar de peso durante a gravidez mais fácil será o parto.

Verdade: A grávida deve aumentar o peso consoante o seu IMC (índice de massa corporal) no início da gestação. Caso o aumento de peso seja insuficiente isso poderá causar problemas no bebé, com maior risco de nascimento prematuro e problemas respiratórios ou cardíacos.

 

Mito: Se aumentar o peso for o adequado durante a gravidez isso não lhe vai fazer aumentar a gordura corporal.

Verdade: O aumento de peso durante a gravidez inclui algumas reservas de gordura, que serão utilizadas posteriormente durante a amamentação. Razão pela qual que ao amamentar a sua recuperação física é mais rápida e fácil.

 

Mito: A grávida só tem desejos dos alimentos que o corpo necessita.

Verdade: Os desejos e aversões alimentares na gravidez não estão provados que tenham associação exclusiva a necessidades nutricionais, são muitas vezes fruto de uma maior susceptibilidade psicológica e busca de conforto na comida.

Aumento de peso recomendado na gravidez

sem nomePara calcularmos qual é o aumento de peso estimado para cada mulher é necessário calcular primeiro o seu IMC (Índice de massa corporal). Esta ferramenta diz-nos como está a relação do nosso peso para a altura.

IMC= Peso(kg)/ altura2  (m2)
Exemplo: IMC= 49/ (1,61 x 1,61)
IMC = 18,9

Os valores recomendados do aumento de peso na gravidez dependem, essencialmente, do peso da grávida no início da gravidez e por isso:

Se estava magra (IMC < 18,5) deve aumentar entre 12,5 a17 kg.
Se estava com peso normal (IMC 18,5 a 24,9) calcula-se que aumente entre 11,5 a 13,5 kg
Se estava com excesso de peso (IMC 25 a 29) deve aumentar 7 a 11kg
Se estava com obesidade (IMC > 30) não deverá aumentar mais do que 6 kg.
No caso de estar grávida de gémeos o aumento total recomendado é de 16 a 20,5 Kg.